quarta-feira, 22 de março de 2017

Mais Andy / Série do Momento #6.

Está a chegar aquela altura do ano em que as séries que eu sigo vão de férias e, normalmente, aproveito para conhecer algumas novas. Vocês já sabem que o meu gosto não é o tipicamente expectável para uma rapariga que tem um blog de moda e beleza. Eu gosto de policiais e de histórias com super-heróis, sendo que a série que vos venho falar hoje encaixa-se nas duas categorias.
"O diabo está de férias"! É assim que se apresenta "Lucifer". Esta série retrata a história do diabo mais divertido, carismático e sarcástico de sempre. Ele decide aproveitar alguns dos seus anos de imortal para tirar umas belas férias em Los Angeles e é lá que tudo acontece. O episódio piloto começa com Lucifer a subornar um polícia de transito quando este lhe pede os documentos e a sua história com a polícia não terminou por ali, uma vez que minutos mais tarde se viu envolvido num homicídio como testemunha. O nosso diabo, que afinal não é assim tão mau como se pensa, junta-se à investigação, ajudando a detective Chloe no seu trabalho. Com o desenrolar dos episódios, ele acaba por ser promovido a consultor civil e a poder ajudar a polícia em todas as suas investigações. Entretanto, aparecem outras personagens sobrenaturais, como a sua fiel guerreira demoníaca Mazikeen e o seu irmão arcanjo Amenadiel, que tornam a história ainda mais cativante e fora do normal. Actualmente, a série conta com duas temporadas e eu já vi todos os episódios disponíveis na Internet. De uma forma geral, recomendo imenso o "Lucifer", mas, atenção, os episódios são um pouco promiscuos. De resto, não há excesso de violência nem cenas demasiado explicitas. Eu acredito que toda a gente pode gostar desta série, principalmente se forem fãs de policiais com um pequeno twist.

E vocês, que séries têm estado a ver?

sexta-feira, 10 de março de 2017

Mais Andy / Aleatório do Momento #5.

Eu acho que ainda não partilhei com vocês o meu lado jogador. Não, eu não sou fã de casinos nem de apostar dinheiro, mas sim de vídeojogos e, modéstia à parte, até sou bastante boa! Ao longos dos anos, muitos foram os jogos em que dediquei grande parte do meu tempo livre. Na altura da pré-adolescência, adorava o Age Of Empires, o Zoo Tycoon e, claro, o meu Game Boy Color amarelo. Em seguida, comecei a jogar o Minesweeper no falecido MSN e o Runescape no Miniclip, uma plataforma que ainda hoje visito. Entretanto, passei pelo Travian, PlayCatan e muitos outros, até que o telemóvel começou a ganhar mais espaço na minha vida e eu troquei de dispositivo para jogar.
Actualmente, divido os meus tempos livres por três aplicações: Piano Tiles 2, Pokémon GO e Clash Royale. O PT2 é um daqueles jogos fáceis em que não é necessário pensar, apenas ter uma boa rapidez de dedos para apanhar o maior número de teclas possível. Eu não dava muito por ele, mas, quando fiquei sem Internet durante uma semana, acabei por lhe dar uma oportunidade e, de facto, é uma óptima forma de matar aquelas horas mortas em que não temos nada para fazer, como, por exemplo, quando estamos nos transportes públicos ou à espera numa fila qualquer. Não é necessário Internet para jogar. Por outro lado, penso que todos vocês já conhecem o Pokémon GO. O jogo foi lançado no Verão passado e foi um sucesso. Hoje em dia, já não me dedico tanto a essa aplicação, mas, mesmo assim, continuo na onda de caçar os Pokémons espalhados por aí, principalmente desde que saiu a segunda geração. Por fim, tenho que vos falar do Clash Royale. Se vocês costumam assistir a vídeos de gamers no YouTube, de certeza que já ouviram falar deste jogo. Ele não ocupa muito tempo, apesar de ter horários para recolher certos prémios, é divertido, viciante e tem um pouco de estratégia, pelo que exige alguma concentração. É necessário Internet para jogar tanto o Pokémon GO como o Clash Royale, mas as aplicações não consomem muitos dados.

E vocês, também gostam de jogar? Se sim, qual é o vosso jogo favorito. Conhecem algum dos que eu mencionei?

terça-feira, 7 de março de 2017

Maquilhagem / Unhas de Gel - Inspiração #2.

Está quase a fazer um ano desde que decidi aventurar-me no mundo das unhas de gel e, curiosamente, estou a gostar bastante da experiência. Eu não sou grande fã de cabeleireiros e esteticistas, simplesmente porque não tenho paciência para essas coisas, mas tenho que admitir que umas mãos cuidadas fazem mesmo a diferença! E mais: para além de parecer que estamos muito mais arranjadas, é mais fácil pintar e tratar das unhas em casa. Afinal, qualquer verniz dura séculos quando aplicado por cima do gel. Ainda assim, eu gosto de pensar e planear a próxima manicura. Desta vez, quero algo simples: apenas uma cor com uns brilhantes ou detalhes metalizados.
Digam-me, qual gostam mais? A primeira sem as flores, a segunda ou a terceira? ♥

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Cosmética / Produtos Acabados #41.

Muitas vezes me perguntam como é que podem ter uma boa rotina de pele e a resposta não é fácil. Não existe o totalmente certo nem o 100% errado, mas há pequenos passos que podem tomar e que irão ajudar a terem um rosto saudável e bonito. Por exemplo, incluir um bom sérum na rotina é fulcral para manter a tez hidratada. Outro truque bastante simples é evitar produtos com muito álcool, como a maioria dos tónicos e cremes para peles oleosas, e apostar em protectores solares de qualidade. Assim, estão a evitar o envelhecimento precoce da pele. Quanto a artigos propriamente ditos, não há nenhum que seja infalível e que resulte com toda a gente, mas, com o passar do tempo, vão começar a entender o que a vossa pele vos quer dizer e também que marcas e moléculas funcionam melhor com vocês. É uma questão de tentativa e erro e é por isso que eu acho que esta rubrica é tão importante. Afinal, estou a dar-vos a minha opinião final acerca de um produto, depois de muito o testar e analisar.

- Creme Facial: Crème Prodigieuse | NUXE.
[Review] Honestamente, e mesmo depois de já ter testado outros cremes anti-oxidantes, nenhum se deu tão bem comigo como o Crème Prodigieuse. Eu já o terminei há quase um ano, mas lembro-me que ele foi capaz de manter a minha pele nutrida e hidratada durante o Inverno, tanto aqui como em Londres. A recomprar, sem dúvida!
Preço: ~ 26€
Voltaria a comprar? Sim!
Onde comprar? Nas farmácias.
Pontuação:
 ♥♥♥♥♥ ♥♥♥♥ {9/10}
- Desmaquilhante de Olhos: 2 In 1 Waterproof Eye Makeup Remover Gel | Sephora.
A Sephora é conhecida pelo seu desmaquilhante bifásico, o qual eu já experimentei e não gostei. No entanto, o mesmo não aconteceu com a geleia. As promessas eram as mesmas, mas a acção não tinha nada a ver. Para além de remover qualquer tipo de maquilhagem, não deixava nenhum resíduo oleoso na pele. No entanto, tinha dois problemas: gastava-se demasiado depressa e ardia no olhos se fosse colocado em contacto directo com os mesmos. Ainda assim, acho que voltaria a adquiri-lo.
Preço: 6.95€/125 ml
Voltaria a comprar? Sim.
Onde comprar? Na Sephora.
Pontuação: ♥♥♥♥♥ ♥♥♥ {8/10}
- Máscara de Olhos: Pomegranate, Eye Mask | Sephora.
Deixem-me que vos diga uma coisa: esta foi a primeira máscara para os olhos que experimentei e, certamente, não será a última! Eu não vos consigo garantir que a PEM é a melhor máscara do mercado, mas posso-vos dizer que deixou a zona periocular bastante hidratada, firme e fresca. Notei também que ajudou ligeiramente com os papos e as olheiras. O preço não é o melhor amigo da carteira, principalmente porque só traz uma unidade, mas, regra geral, as máscaras em tecido são caras, ainda que, na minha opinião, sejam mais eficazes e agradáveis de se utilizar.
Preço: 5€/Un
Voltaria a comprar? Sim.
Onde comprar? Na Sephora.
Pontuação: ♥♥♥♥♥ ♥♥♥♥ {9/10}
- Sérum Facial: Double Booster | KIKO.
[Review] Regra geral, os séruns da KIKO são baratos e valem a pena. O Double Booster não foi excepção e eu só tenho pena que não faça parte da linha permanente da marca. Recomendo!
Preço: 13.90€/20 ml
Voltaria a comprar? Sim.
Onde comprar? Na KIKO.
Pontuação: ♥♥♥♥♥ ♥♥♥♥ {9/10}
Por fim, terminei três embalagens das minhas toalhitas desmaquilhantes favoritas de sempre, as XSmall da Douglas, e uma miniatura (100 ml) da Sébium H2O da Bioderma. Eu não sou grande fã de me desmaquilhar com toalhitas, mas é um daqueles produtos que dá sempre jeito ter em casa. Por outro lado, adoro águas micelares, principalmente as da Bioderma. Eu já experimentei as três e a minha preferida é a azul, mas também gosto muito da verde.
E vocês, já utilizaram alguma máscara para os olhos?

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Wishlist / A Cobiçar #30...

Hoje é um daqueles dias sem inspiração e cheios de preguiça. Eu devia ir ao ginásio, mas não me apetece. Também tenho que levantar umas coisas que deixei a arranjar, mas acho que vai ficar para a próxima semana. Agora o que não vai ser adiado é o post de hoje. Afinal, tenho uma lista de desejos e novidades para partilhar com vocês!
Wishlist
É oficial: o Serozinc chegou, finalmente, a Portugal! O preço não é tão simpático como em França, mas, ainda assim, vale a pena experimentar. Eu já vou para a terceira embalagem e sei que é algo que vai estar sempre na minha lista de desejos. Recomendo! Para além do Serozinc, houve duas marcas que começaram a ser vendidas na Skinlife (Chiado): a The Ordinary e a By Terry. Eu penso que vocês já devem ter ouvido falar da The Ordinary. Esta marca prima por vender cuidados faciais económicos e altamente concentrados num determinado princípio activo, princípio esse que dá origem ao nome do produto. A ideia não é utilizarem apenas um dos séruns, mas, sim, fazerem o vosso próprio cocktail de acordo com as necessidades da vossa pele. Honestamente, a minha curiosidade prende-se à marca inteira, sendo o Advanced Retinoid 2% um dos séruns que tenciono adquirir. Quanto à By Terry, eu tenho alguns artigos e, de facto, a maquilhagem correctiva é bastante boa, tendo propriedades que realmente ajudam a melhorar o aspecto da tez. Nesse âmbito, quero muito testar o Hyaluronic Hydra Powder, um pó constituído quase exclusivamente por ácido hialurónico. Se há uns anos atrás, gostava de quase todas as paletas da Too Faced, hoje em dia, a história é outra e são poucas as que me chamam a atenção. A White Chocolate Chip tem tudo aquilo que eu aprecio: é compacta, neutra e, mais importante do que isso, não tem uma sombra preta matte que eu, pessoalmente, não uso. Agora só resta esperar que chegue ao nosso país! Ainda na onda das novidades, a Sephora lançou um conjunto de águas e leites micelares para completar a linha das máscaras individuais. As promessas são muitas e visam tratar diferentes problemas, dependendo da versão que comprarem, sendo que eu fiquei curiosa com a de rosas que promete hidratar e dar brilho à tez. Por fim, há duas tendências que eu estou desejosa de aderir: as essências e o low-pow. As essências devem ser usadas depois do tónico e antes do sérum, de modo a criar uma camada extra de hidratação e o low-pow consiste em utilizar champôs sem sulfatos ou outros detergentes. Eu ainda não sei em que produtos vou apostar, mas penso que o Curly Wurly da LUSH é um bom champô para fazer a transição. Em relação à essência, aceito sugestões! :)

E vocês, já aderiram a estas tendências?