quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Cosmética / Laser vs Luz Pulsada.

Quando começou 2011, prometi a mim mesma que ia iniciar a dita depilação "definitiva" porque, apesar de ter poucos pêlos, não gosto nada de fazer a depilação. É que, para além de ser uma seca, rouba imenso tempo! Vocês devem ter a mesma opinião que eu sobre isto.

Então, após fazer umas pequenas pesquisas na Internet, decidi que ia fazer luz pulsada nas axilas para experimentar. Escolhi este método, pois tinha uma clínica reconhecida perto de minha casa e, segundo o que tinha lido, era menos doloroso e os resultados iguais. Ora bem, em Fevereiro, fui à dita clínica e começaram por me fazer um teste de sensibilidade para ver se aguentava a dor. Sim, senti dor, mas também a aguentei... Basicamente, parece que nos estão a dar choques e, como nunca tinha feito depilação por outros métodos nessa zona para além da lâmina, ela não estava habituada a sofrer. Fiz então a primeira sessão que me deixou muito contente, pois os pêlos reduziram imenso e durante mais ou menos um mês nunca mais tive que fazer depilação (ora para quem fazia dia sim dia não, parece-me muito bem). Na segunda sessão, que normalmente é espaçada da primeira por um mês e meio, já não senti dor, mas os resultados retrocederam. Ou seja, parecia que nunca tinha feito nenhuma sessão de IPL (Luz Pulsada Intensa). A minha teoria é que como elas viram que os resultados estavam a ser bastante bons resolveram fazer com uma intensidade menor de forma a manterem-me lá mais tempo. Como não gostei dos resultados, desisti do tratamento e mudei de clínica.

Fui para uma também conhecida, mas muito mais longe de casa, e iniciei o tratamento a laser em duas zonas, pois a dita clínica tinha uma promoção. Assim sendo, desde Julho, faço axilas e virilhas. Também já fiz duas sessões e é por isso que só estou a escrever este post agora. A dor deste método é bastante superior, sendo também suportável (custa, mas depois passa). Os resultados até agora são excelentes! Nota-se uma pequena diferença entre as axilas (que já tinham tido duas sessões de IPL e anteriormente era só lâmina) e as virilhas (só lâmina). As axilas estão com resultados melhores e a dor é muito menor do que nas virilhas, ao contrário do que estava previsto.

Quanto aos preços, tanto o laser como a IPL, rondam os 30€/zona por sessão, sendo necessário uma média de seis sessões para que o tratamento fique concluído e uma manutenção, na maioria dos casos, anual ou bianual. Um pormenor importante: entre sessões só podemos depilar as zonas em tratamento com lâmina! Como temos que ter cuidado com a exposição ao sol, se alguém estiver a pensar depilar as pernas, aconselho vivamente que comece agora para não apanhar o Verão.

Resumindo, apesar de não ter a certeza se a minha experiência com a IPL foi apenas fruto de um azar, recomendo vivamente a depilação a laser que, apesar de doer mais, apresenta resultados mais positivos. É excelente não nos termos que preocupar com a depilação e ter durante semanas as zonas super fofinhas e nada escuras!

Quem é que já fez ou quer fazer este tipo de depilação? Contem-me tudo! :) Querem que vos continue a contar a minha experiência com a depilação a laser?

5 comentários:

  1. Olá linda :)
    Eu gostava de fazer depilação definitiva, mas ainda não tive coragem para isso. Houve uma altura que andei a pesquisar os dois métodos e fiquei na ideia de fazer a luz pulsada, mas depois de ler o teu post irei reflectir melhor e ponderar o laser.
    Por mim podes continuar a falar do assunto, gostei de ler e talvez me ajude a iniciar este tipo de depilação e a decidir o melhor método :)
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  2. Olá, eu fiz a luz pulsada na Não mais pelo da Amora e recomendo.
    Mas o resultado depende sempre de pessoa para pessoa, nunca é igual, e também de zona para zona.
    Nas pernas não tenho pelos há anos, mas continuo a ter em outras zonas, há sitios em que é mais facil desaparecerem que noutros.
    Mas penso que mesmo na Não mais pelo deve depender da gerencia de cada sitio decidir como pretendem fazer, a da Amora garanto que é boa e recomendo.
    Eu tenho as caracteristicas ideais para este tipo de depilação, a minha pele é mto branca e o pelo mto escuro, e isso tb ajudou a que resultasse tao bem comigo. Mas hj em dia já dá para todos os tipos de pele e pelo.

    ResponderEliminar
  3. Marisa Marques: Já te respondi no teu blog. Ok, eu vou continuar a relatar a minha experiência com o laser! :)

    Catarina Teixeira: Eu também tenho as características ideais, pelo menos foi o que me disseram nas duas clínicas a que fui. O que eu achei suspeito foi na primeira sessão ter imensos resultados e na segunda perder tudo! :/ Não sei se a culpa é da gerência ou se, simplesmente, a empregada era incompetente, mas sei que não fiquei contente com a situação. Ainda bem que contigo correu tudo maravilhosamente bem! :D

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Andy nem imaginas há qtos anos já não depilo as pernas lol a sério, é inacreditavel, ainda por cima o meu pelo era mto grosso e a raiz funda, então era mto complexada, pq por a raiz ser funda qd fazia a depilaçao ficava com aqueles pontinhos pretos nas pernas, não gostava nada. Actualmente só lá faço às virilhas, pq é uma zona que demora mais tempo, e se calhar nem fará efeito, não sei. Mas claro que estão mto mais finos :)

    ResponderEliminar
  5. Catarina Teixeira: Imagino pois! :D Exactamente devido a esses resultados, que sei que acontecem com a maioria das pessoas, é que decidi apostar na depilação definitiva. Aliás tenciono voltar para concluir os locais onde estava a fazer a depilação e para começar as pernas! Obrigada pelo teu testemunho! ;)

    Beijinhos

    ResponderEliminar

Hey, muito obrigada por perderes um pouco do teu tempo a comentar o Be Fashion! :) Quero muito saber a tua opinião e prometo responder ao teu comentário neste mesmo post. *

Andy ♥ FacebookInstagramYouTube