quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Maquilhagem / Naked, A Obessão da Urban Decay.

O post de hoje vai ser um misto de opinião com algumas novidades de uma marca bastante conceituada: a Urban Decay. Esta marca ficou essencialmente conhecida pela sua paleta Naked que até já teve direito a uma segunda versão.

Até aqui tudo bem, o problema é quando a marca perde a imaginação e 70% dos seus lançamentos tem por trás a palavra mágica começada por N. Se forem como eu, este tipo de marketing funciona exactamente ao contrário e a vontade de adquirir qualquer produto da Urban Decay é cada vez menor! Não me interpretem mal porque a marca é, de facto, boa e eu gosto dos três artigos que tenho dela, porém com tanta variedade que o mercado oferece não tenho vontade nenhuma de investir na UD!
Em todo o caso, como sei que muita gente adora esta marca e até a considera favorita, venho-vos, então, apresentar os membros da família Naked. Da esquerda para a direita: paleta Naked, paleta Naked 2, bases Naked Skin, paleta Naked Basics, paleta Naked Flushed, vernizes Naked e BB Cream Naked Skin. Os produtos da primeira fila já estão disponíveis no nosso país, enquanto que os outros prometem chegar brevemente!

Sou só eu que acha que o Naked Flushed é muito semelhante ao já existente Face Form da Sleek? O que acham deste tipo de publicidade? Excessiva ou aceitável?

16 comentários:

  1. Não concordo nem um bocadinho. A UD tem inserido, ao mesmo tempo, outros produtos, como as paletas OZ,a Vice...

    E além disso, eles só estão a fazer o marketing deles, se a marca NAKED agora dá lucro, porque não explrar todas as suas potencialidades agora, certo? Iam estar a esperar para ter prejuízo mais tarde?

    Além disso, comparar a flushed from o FaceForm da Sleek é um erro de principiante. A formulação não tem nada a ver e enquanto que o da Sleek desaparece 2 horas depois, o Flushed dura o tempo todo, dá para misturar (o da Sleek tem divisórias que dificultam) e as quantidades são diferentes: o iluminador, sendo obviamente o produto que usa-se em menores quantidades, está correctamente em menor quantidade.)

    ResponderEliminar
  2. Olá baby :) Em relação à pergunta que fizeste: eu acho aceitável porque vejo estes produtos como se fosse quase uma gama, da mesma família. O que a mim me incomodava muito (e agora n incomoda tanto porque já não compro todos os produtos da UD! lol) é que, por exemplo, a nível de paletas desde o início que em todas as paletas há sombras repetidas. lembro-me de ter 2 ou 3 paletas da UD e todas elas tinham uma sobra - cujo nome agora n me recordo! - que eu detestava por ter pedaços de glitter enormes! lol :)

    ResponderEliminar
  3. Eu compreendo o teu ponto de vista, o que não quer dizer que partilhe da mesma opinião.
    Bem, concordo com a Rita que não se deverá comprar um produto Sleek com um UD... (Apesar de eu ter o face form da sleek cujos produtos não desaparecem da pele passadas duas horas, a mim duram bem as 8h de trabalho...)
    Mas por exemplo, concordo contigo no aspecto de que há produtos desnecessários como a Naked Basics (pelo que li na blogosfera as sombras que lá estão são algumas das presentes nas duas paletas de tamanho normal) mas isso é a minha opinião! Eu já tenho a Naked 2, logo não vou comprar nem a 1 nem a basics... De qualquer forma se calhar até é uma boa opção para quem está a iniciar mas quer apostar na qualidade! Se a marca lançou estes produtos é porque sabe que vão ter saída, quem somos nós para julgar? Agora já se sabe, quem quer... compra, quem não quer... não compra.
    Quanto a mim, o meu interesse pela marca não mudou. Aliás, ando tolinha para ver se tenho a Smoked ou a Vice lol

    ResponderEliminar
  4. Penso que tens razão, já é Naked a mais e eles não ganham muito com isso.

    beijinho

    ResponderEliminar
  5. Eu vou concordar contigo.
    Ultimamente é quase só Naked. Ainda não tinham acabado de lançar a basics, já tinham a dos blushes (que por favor, we don't have to genius para ver as parecenças. a diferença é que uma tende para ter o blush com brilho (sleek) e outra para ter o blush matte (urban decay). O principio é o mesmo.
    A Vice saiu por conta do aniversário deles e devido a pressão de que eles andavam a lançar cores novas nas paletas, sempre repack de sombras que já tinham (a paleta Fun e Femmine e a outra cujo nome não me recordo, já existiam. Possuíam era um pacote diferente, semelhante ao da Naked1 que era o pacote "de marca"). A Smoked tem tons que já existiam.
    As paletas OZ (que levam um tumbs up porque tem sombras que não existiam e está bem conceptualizada) são das que se aproximam ao que a marca representava no inicio. Afinal de contas, o slogan deles inicial era "Urban Decay : beauty with an edge" que entretanto perdeu-se um bocadinho.
    Acho que podiam fazer as coisas de outra forma. Sim a "submarca" Naked vende...mas pode tornar-se uma massada.
    Gostava de ver a Urban Decay a apostar em cores fortes (como a Woodstock) que era isso que faziam no inicio. Para além disso, acho que produtos como o blush, o BB Cream e a base não precisavam de ter a referênia "NAKED" de atrelado.
    Mas lá está...opiniões.

    beiinhoo*

    ResponderEliminar
  6. epah se queres que te diga acho um exagero...ja ninguem precisa de mais nada naked...a nao ser talvez um lapis cor de pele para a linha de agua, ai o nome naked fazia sentido...

    xoxo

    ResponderEliminar
  7. Eu nunca experimentei mas tenho uma amiga que usa e adoro as paletes da Naked. Mas sinceramente, para mim que sou muito básica em termos de maquilhagem, os produtos da UD são um pouco caros. Por enquanto vou usando outros e se um dia ficar expert logo invisto mais! Beijinhos *

    ResponderEliminar
  8. Sinceramente nunca me apaixonei pelas Naked, para mim as cores são tão semelhantes e sombrias que não investia numa... A Urban Decay tem paletas que me apelam mais..E sou como tu, essa manobra de marketing acaba por me desinteressar :/ beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Eu realmente já opinei sobre este assunto lá na página xD e sabes bem a minha opinião eheh :P

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  10. tambem acho que estão a abusar nos lançamentos, acho que as naked 1 e 2 e a base era suficiente...

    ResponderEliminar
  11. Pois realmente pecam um bocado por abusar do nome, podiam ser um bocadinho mais originais eheheh
    Gosto muito do blush, bronzer e iluminado, deve ser mesmo fantástico :D

    Bixuuuuuuuss
    *********

    ResponderEliminar
  12. Acho que faz sentido, porque tudo começou na famosa Naked, e tanto que ela brilhou que a UD fez uma linha de protdutos, a linha Naked.
    A mim não me faz diferença, e tenho uma vontade enorme de adquirir a base :D
    Mas são opiniões e é impossível agradar a todos (:

    ResponderEliminar
  13. Esta é uma marca que a mim nunca me cativou.
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  14. Concordo com a Andreia Sofia ali do comentário de cima. A Naked foi um produto que cativou, e daí a restante linha de produtos. Sim, concordo que o flushed se assemelha ao da Sleek, mas quantos produtos há no mercado de marcas conceituadas e não tão conceituadas que se baseiam noutros? Tenho a palete naked 2 há relativamente pouco tempo, e para quem já experimentou tanta sombra de olhos, esta é uma das minhas preferidas! =)

    ResponderEliminar
  15. Rita Matias: Obrigada por partilhares a tua opinião! :) Quanto às paletas Oz, na verdade, não se chamam Naked qualquer coisa, o que coincide com o que eu disse: 70% dos lançamentos da UD têm a palavra Naked envolvida! Quanto ao facto do nome render, em empreendedorismo ensinam-nos que quando perdemos a imaginação, a nossa empresa começa a entrar em recessão. Em relação ao Naked Flushed e ao Face Form, eu nunca disse que os produtos são exactamente o mesmo e que têm a mesma qualidade, mas lá que são parecidos lá isso são! ;)

    Maria: Sim, vendo-os todos como uma família acaba por fazer mais sentido! Quanto às sombras repetidas, é mesmo muito chato, principalmente quando a cor em questão é uma que nós não gostamos! hehe

    Pulit4: Eu nunca disse que a nível de qualidade o Face Form era comparável com o da UD, até porque eu não tenho nenhum deles para o poder comprovar. O que eu disse e volto a afirmar é que o N. Flushed não é um produto propriamente inovador e inédito no mercado. Eu, sinceramente, percebo o lançamento da Naked Basics, pois há muita gente que tem dificuldade em encontrar sombras matte de qualidade. Por outro lado, se tivesse uma das Naked também não adquiria nem a outra nem a Basics! ;)

    Cidade do Pecado: Concordo! :/ Obrigada por partilhares a tua opinião connosco.

    Diana: Olha, nem mais! Quando conheci a Urban Decay entendia a sua posição no mercado e aquilo que queria transmitir aos seus clientes. Agora, sinceramente, já estou baralhada e com tantos repacks de produtos já existentes e expostos como algo novo e super inédito, acabo por perder o interesse! Sim, nas paletas Oz já consigo ver a imagem da marca e estão, de facto, muito bem elaboradas. Lá está, eu não digo que os novos artigos não fazem falta, apenas acho que o seu impacto seria maior se fossem lançados com outro nome!

    TehTeh: Por acaso, acho que a Urban Decay também tem um lápis que se chama Naked, mas não tenho a certeza absoluta. Gloss sei que existe um, mas lápis não tenho a certeza! *

    Chic Maria: Na minha opinião, a melhor altura para se apostar em maquilhagem boa (e cara) é quando nos estamos a iniciar porque normalmente os artigos de marcas mais caras têm muito mais qualidade e são mais fáceis de trabalhar! ;)

    Liliana Pinto: As cores das Naked são, de facto, muito parecidas, o que é bom por um lado, mas mau por outro. A potencialidade da paleta acaba por recair nos teus gostos pessoais. Para mim, funcionava até um certo ponto porque, apesar dos tons neutros serem aqueles que mais uso, também gosto muito de me ver com sombras rosadas.

    Maria Inês: Sim, eu já sei que concordas comigo! hehe *

    Coquette à Portuguesa: Na minha opinião, todos os produtos Naked fazem falta à marca, porém acho que deviam ter sido lançados com outros nomes.

    Alexandra Santos: Por exemplo, no caso do Naked Flushed, acho que simplesmente Flushed era um nome perfeito para o artigo em questão. Eu não estou especialmente curiosa com esse lançamento, mas algo me diz que o iluminador é bastante bonito.

    Andreia Sofia: Curiosamente, o produto que mais associo à UD são os lápis 24/7. Claro, são opiniões e é difícil agradar a toda a gente! *

    Marisa Marques: Eu até gosto das cores e da qualidade dos produtos da UD, mas, como não sou fã dos designs que a marca desenvolve e artigos bons e bonitos existem noutros sítios, acabo por não comprar nada da Urban Decay.

    Pocket of Sunshine: Definitivamente que está! :)

    Rainha do Fashion: Confesso que, quando a Naked saiu, também me senti cativada por ela e pela sua Half Baked, contudo fui perdendo o entusiasmo à medida que o tempo foi passando. Em relação às parecenças entre os produtos de várias marcas, normalmente vemos as marcas mais baratas a imitarem os artigos das mais caras ou marcas pertencentes ao mesmo grupo empresarial com lançamentos semelhantes.

    Beijinhos

    ResponderEliminar

Hey, muito obrigada por perderes um pouco do teu tempo a comentar o Be Fashion! :) Quero muito saber a tua opinião e prometo responder ao teu comentário neste mesmo post. *

Andy ♥ FacebookInstagramSnapchat