quinta-feira, 30 de abril de 2015

Mais Andy / Portugal vs França - As Saudades.

Quando estiverem a ler este post, provavelmente, já estou a caminho de Portugal. Assim sendo, penso que não há nada melhor para o tema de hoje do que partilhar com vocês as três coisas que mais falta me fizeram enquanto estive em França. Não vou referir nada óbvio, como a família e assim, apenas aqueles pequenos detalhes que em Portugal me passam ao lado, mas que aqui me apercebi do seu valor.
- Eu acho que toda a gente já sabe que eu adoro sushi. Em Portugal, consegue-se encontrar uma boa qualidade e variedade de peças em inúmeros restaurantes e por um preço bastante justo. No entanto, em França, o sushi não é assim tão bom. Se não estou em erro, fui a quatro sítios diferentes e não houve um que me apresentasse mais do que cinco peças. Sashimi? Nem por sombras. Sushi de fusão? O que é isso?! Para ser sincera, eu acho que a febre do peixe cru ainda não atingiu os franceses e por isso é que a sua interpretação de sushi é tão rústica.

- Eu não sei quanto a vocês, mas eu sou do tipo de pessoa que gosta de passear no centro comercial à noite. Em França, e tal como os restantes países europeus que eu já visitei, as lojas têm o mau costume de fechar às 20h. Por norma, eu saía do trabalho às 18h30/19h, pelo que o único dia que tinha disponível para ir às compras era o sábado, pois no domingo também está tudo fechado. Este pequeno detalhe fez com que os dias parecessem muito maiores do que realmente são e o facto do resto da cidade também fechar muito cedo não ajudou.

- Por fim, o terceiro ponto está relacionado com a língua. Eu nunca fui muito amiga das letras, mas sempre tive um português suficientemente bom para me conseguir exprimir sem ter que pensar muito nas palavras a utilizar. Bem, se já é complicado ter que mudar todo o nosso pensamento para uma outra língua, imaginem eu que falava três idiomas distintos por dia. Às tantas, já trocava o português com o francês e o inglês. Nos dias em que estava mais cansada, esqueçam, até perceber o que os outros me diziam era um problema. Contudo, a questão das línguas também é uma das coisas que considero mais positivas de se viver noutro país, pois, em dois meses, o meu francês melhorou imenso.

No geral, estes dois meses a viver no estrangeiro foram óptimos e, sem dúvida, aumentaram ainda mais o meu desejo de morar noutro sítio. Eu sei que tenho alguns leitores que são emigrantes, por isso digam-me o que sentem mais falta de Portugal! :)

5 comentários:

  1. Como te entendo em todos esses pontos, os horários são realmente um horror. Eu acrescentaria também a comida portuguesa... Que eles podem ter comida de haute cuisine, mas comidinha da boa é em Portugal! Espero que o regresso tenha sido calminho!

    ResponderEliminar
  2. Olha, tinha ideia de que os Franceses gostavam mais de sushi! Até porque eles têm uma boa relação com o Japão :o
    Isso das lojas já sabia...uma amiga minha trabalha na Mark&Spencers e eles acham que aquilo fecha muito tarde (porque fecha Às 21 salvo erro)

    Fico feliz por saber que já cá estás <3 :3
    beijoca grande*

    ResponderEliminar
  3. Acho que as três coisas que disseste iam-me incomodar bastante, em especial a história da cidade fechar cedo e do sushi ser manhoso.

    Beijinho
    http://dcidadedopecado.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. eu viver sem sushi até que sim mas as lojas fecharem tão cedo ia ser horrivel e compreendo o facto de trocares as linguas :P
    uma óptima semana :)
    beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Im: De facto, tenho que concordar que senti a falta de uma bela canjinha! :) Acreditas que só fui a um restaurante tradicional, enquanto estive em França?! xD Nas outras vezes, optei sempre por comer comida oriental ou italiana.

    Diana: Bem, eu não sei se a questão do sushi é igual em toda a França ou não. Em Viseu, também existem poucos restaurantes japoneses, enquanto que em Lisboa o que não faltam são sushis.

    Cidade do Pecado: A verdade é que eu estive em Lille. Se calhar, em Paris, o sushi é tão bom como o que estamos habituadas! :P Em relação às lojas, só nós é que temos o costume de fechar tudo à meia-noite.

    Cátia Alves: Não me digas que és uma daquelas pessoas que ainda não se rendeu ao peixe cru! xD Quanto às línguas, a sério, havia dias em que não dava uma para a caixa!

    Beijinhos

    ResponderEliminar

Hey, muito obrigada por perderes um pouco do teu tempo a comentar o Be Fashion! :) Quero muito saber a tua opinião e prometo responder ao teu comentário neste mesmo post. *

Andy ♥ FacebookInstagramYouTube