segunda-feira, 3 de março de 2014

Cosmética / Gestes d'Institut Pureza Vegetal da Yves Rocher.

Graças à conjectura actual, é frequente vermos amigos e familiares aderirem à venda de produtos de marcas de catálogo. Dentro dessas marcas, a minha favorita para cuidados faciais básicos, como máscaras e esfoliantes, é, sem dúvida, a Yves Rocher. Talvez por ser inspirada na natureza, ou até mesmo por lançar catálogos bastante apelativos, a verdade é que eu tendo a optar pela YR. Nesse âmbito, hoje venho-vos dar a minha opinião acerca da máscara facial que me acompanhou ao longo de 2013: a Pureza Vegetal da linha Gestes d'Institut da Yves Rocher!

- Máscara Facial: Gestes d'Institut, Pureza Vegetal | Yves Rocher.
A nível de máscaras faciais, a Yves Rocher oferece duas gamas distintas: a 3 Minutes e a Gestes d'Institut. De uma forma geral, a primeira é mais simples e barata, enquanto que a segunda, supostamente, confere resultados dignos de um salão de beleza. Dentro da linha mais cara, a Pureza Vegetal é a única que é peel-off, sendo que é adequada a peles mistas a oleosas. Para além disso, promete remover o excesso de sebo ao mesmo tempo que afina o grão da tez e fecha os poros. Tal como as restantes máscaras peel-off, a GIPV também tem uma textura viscosa e, neste caso, completamente transparente. Em relação ao aroma, uma vez que contém extractos de hortelã, o mesmo é bastante fresquinho e agradável. Por outro lado, é uma máscara que seca relativamente depressa, pelo que, são poucas as vezes que tenho que esperar os 15 minutos recomendados pela marca. É de salientar que, durante a aplicação, não senti qualquer tipo de desconforto. A nível de resultados, o meu rosto ficou mais limpo, fresco e macio. No entanto, não notei melhorias no tamanho dos meus poros nem achei que fizesse algo ao grão que qualquer outro esfoliante não faça! No geral, considero que os resultados corresponderam às minhas expectativas, sendo que, na minha opinião, a GIPV é uma máscara prática para se utilizar quando não temos tempo ou paciência para aplicar algo mais elaborado, isto é, algo que necessite de um enxaguamento posterior. Em relação à embalagem, a mesma é bastante prática, totalmente opaca e está disponível em apenas um volume: o de 75 ml. Em suma, na minha pele, a GIPV comportou-se da mesma forma que 90% das máscaras peel-off que já testei. Ainda assim, está a anos-luz de um produto de dito "profissional"!
Preço: 10€
Onde comprar? Num catálogo Yves Rocher. [Cód: 65564]
Pontuação: ♥♥♥♥♥ ♥♥♥ {8/10}
E vocês, são consumidoras ávidas das marcas de catálogo ou nem por isso? :)

6 comentários:

  1. Por acaso a YR é a marca que prefiro de todas as marcas de catálogo. Todos os produtos que já experimentei eram bons e os aromas são maravilhosos. Gosto da ligação da marca à Natureza e para mim é sem dúvida a marca mais apelativa.
    Ainda não experimentei esta gama. Gostava que fizesse algo mais pelos poros porque no meu caso, tenho-os bastante abertos.

    ResponderEliminar
  2. Já fui mais de comprar por catalogo, hoje em dia não é muito habitual... O meu problema é que realmente quero uma que reduza os poros :/

    Desconhecia essas da YR, mas pela review parece-me bem

    beijinhos

    ResponderEliminar
  3. nunca usei, nao compro em catalogo :S
    uma optima semana :)
    beijinhos

    ResponderEliminar
  4. epah, no outro dia vi alguem dizer que lhe doeu a tirar uma máscara peel off, isso acontece-te?

    xoxo

    ResponderEliminar
  5. Parece ser uma máscara gira, mas eu ando numa de experimentar outras coisas :3 (e ainda ando "zangada" com a YR. cortesia do SPAM feito no facebook da Sephora...)

    Beijinhoo*

    ResponderEliminar
  6. Adriana Castro: Para ser sincera, eu também gosto muito da Oriflame. No entanto, tal como tu disseste, a YR é mais cativante, pois tem aquela ligação com a natureza que eu tanto aprecio! :D

    Liliana Pinto: Na minha opinião, a única coisa que poderá, eventualmente, reduzir o tamanho dos poros é um bom sérum para esse efeito. Tirando isso, não me parece que as máscaras faciais sejam capazes de resultar nesse campo.

    Cátia Alves: Por acaso, eu também não sou uma consumidora ávida das marcas de catálogo! Honestamente, prefiro ter as coisas no momento em que me apetece comprá-las.

    TehTeh: Bem, isso é muito estranho! Pelo menos, nunca senti qualquer tipo de dor ao remover uma máscara peel-off e olha que eu já experimentei muitas. *

    Diana: De facto, essa senhora faz com que qualquer pessoa sinta raiva da Yves Rocher! :/ Quanto à GIPV, sinceramente, eu gosto dela para utilizar naqueles dias mais preguiçosos.

    Beijinhos

    ResponderEliminar

Hey, muito obrigada por perderes um pouco do teu tempo a comentar o Be Fashion! :) Quero muito saber a tua opinião e prometo responder ao teu comentário neste mesmo post. *

Andy ♥ FacebookInstagramSnapchat