domingo, 25 de outubro de 2015

Mais Andy / Acabei o Curso, e Agora?!

Em quase todas as introduções dos meus posts, revelo um pouco mais sobre mim e hoje não vai ser excepção. Lembram-se da primeira profissão que quiseram ter? Eu não estou a falar de astronauta nem de princesa, mas aquele emprego que vocês começaram a pensar quando já tinham idade para perceberem que mais tarde ou mais cedo iam ter que trabalhar. Bem, eu oscilei entre tratadora de koalas e advogada, mas o primeiro curso que realmente me fez imaginar como seria o meu futuro se envergasse por esse área estava relacionado com os negócios. Antes de entrar para o secundário, cheguei a ponderar seguir economia, mas a físico-química e a biologia fizeram com que optasse pelo ramo tecnológico. Três anos depois, voltei a considerar uma carreira diferente daquela que acabei por escolher e hoje digo-vos que não me arrependo. Porquê?! Porque eu posso gerir um negócio sem ter um curso na área, mas não posso trabalhar num laboratório sem ter um grau em química.
A verdade é que agora que estou na recta final do meu percurso escolar, a vontade de mudar de rumo é cada vez maior. A investigação não é o que eu pensava e não falo só das condições que o nosso país oferece. Aliás, o meu desagrado para com esta profissão começou um pouco antes de escolher o meu mestrado, daí que optei por uma vertente mais tecnológica e industrial. Para quem não sabe, eu licenciei-me em Bioquímica e agora estou a terminar o mestrado em Biotecnologia. Entrei em ambos os cursos por querer, não tive a média como impedimento nem a família como travão. Quem nunca ouviu histórias de pessoas que envergaram por um certo percurso por causa da família? Eu já, mas não foi o meu caso. A única coisa que me sempre me impuseram foi que tinha que ir para a universidade e ficar lá até acabar o mestrado.

Posto isto, o que vai ser do meu futuro? Não sei. Por enquanto, tenho uns projectos ligados à área da minha tese: química-física. Ainda gostava de tentar uma carreira mais industrial ou associada às ciências forenses. Depois? Logo se vê. Eu não sou pessoa de ficar a queixar-me sem fazer nada. Se tiver que sair do país, saio. Não tenciono ficar em Portugal por comodidade.

Eu sei que este post deve ter sido um pouco confuso e nada conclusivo. Infelizmente, é esse o estado da minha mente neste momento. Digam-me, também passaram pelo mesmo? :)

4 comentários:

  1. Eu penso que é perfeitamente irmos mudando de ideias em relação ao que queremos fazer ao longo da nossa vida.
    Quer dizer, eu quando era mais nova queria ser estilista, entrei em arquitectura e agora estou super feliz na área das línguas. O que importa é fazermos algo de que gostamos :3
    beijinho*

    ResponderEliminar
  2. sabes... eu foi mais do tipo chegar ao meu último ano e de repente: 'estou a chegar ao fim do curso...O QUE É QUE VOU FAZER COM A MINHA VIDA?????'...depois passei os primeiros meses a obcecar em arranjar um estágio... e depois olha acabei onde estou agora...numa espécie de descanso forçado =P

    xoxo

    ResponderEliminar
  3. Acho que o importante é aproveitares o presente. Decerto que, com o tempo, vão surgindo oportunidades para tudo aquilo que queres, aliás, quem não te diz que não trocas as voltas e segues algo que nunca imaginavas seguir? A vida às vezes troca-nos as voltas :) Tem força! E claro, sê feliz :)

    ResponderEliminar
  4. Diana: Para ser sincera, eu acho que somos obrigados a escolher uma carreira demasiado cedo e sem saber o que é efectivamente ser um profissional nessa área. Se fosse hoje, não tinha ido para Bioquímica. Acho que optava por uma engenharia qualquer.

    TehTeh: Não desistas, TehTeh! :) Não podemos baixar os braços e, se Portugal não nos oferecer o que nós merecemos, vamos lá fora procurar. Hoje em dia, com os aviões, a distância já não é a mesma.

    Joana Freitas: Sem dúvida, Joana, eu acredito exactamente nisso: as oportunidades vão surgindo e nós só temos que as aproveitar e viver o momento.

    Beijinhos

    ResponderEliminar

Hey, muito obrigada por perderes um pouco do teu tempo a comentar o Be Fashion! :) Quero muito saber a tua opinião e prometo responder ao teu comentário neste mesmo post. *

Andy ♥ FacebookInstagramSnapchat